O que é

Neste exame, o ultrassom é usado para analisar o fluxo das artérias e veias que levam sangue a diversas partes do corpo. Por essa razão, o doppler vascular contribui para um diagnóstico preciso de diversas doenças circulatórias e cardiovasculares e o acompanhamento das mesmas. O médico pode solicitar o exame tanto para compreender a causa da dor nas pernas que o paciente sente ao caminhar (claudicação), por exemplo (Doppler arterial de membros inferiores), quanto para avaliação de trombos, ocasionados por coágulos de sangue presos nas veias e artérias, responsáveis por casos de embolia pulmonar e AVC (Acidente Vascular Cerebral).

São avaliadas ainda a presença de placas em artérias do pescoço (carótidas e vertebrais) que sugerem presença de doença coronariana, sendo um fator de risco isolada para coronariopatia (placas nas artérias do coração que podem ocasionar o infarto do miocárdio). Em resumo, as principais artérias do corpo podem ser avaliadas por esse método: carótidas, aorta abdominal e seus ramos, principalmente as artérias renais e as artérias dos membros inferiores. Avaliação venosa dos membros inferiores e superiores.

 

Como é feito

Uma espécie de gel é aplicada na região a ser examinada, enquanto o paciente permanece deitado de barriga para cima em uma maca. Em seguida, o especialista desliza um aparelho transdutor na área coberta pelo gel para monitorar na tela a imagem obtida em tempo real a partir desse procedimento. O exame dura de 30 a 60 minutos.

 

Preparo para o exame

No geral, não há preparo prévio para o exame. Não há necessidade de suspender medicamentos ou realizar jejum antes do exame.